quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Parabéns crianças!

Uma batalha árdua para todos do 1º ano A da Escola Municipal Alcino Carneiro, durante o ano letivo... O final se aproxima e no percurso algumas crianças se superaram, foram além dos limites, outras em passos lentos vão adquirindo habilidades necessárias para continuar a caminhada. Temos limitações quando surgem as barreiras, mas sempre encontramos mecanismos para superá-las... É assim o nosso dia-a-dia numa luta constante em busca de aprendizagens... Que Deus permita a vocês nunca cansarem dessa busca e possam crescer com graça e sabedoria.
Parabéns a todas as crianças! E as que conseguiram estar entre as primeiras colocações na tabela possam ser exemplos de caminhada para as demais. Gostaria de premiar todas ou pelo menos as seis primeiras colocações como era de costume nas tabelas dos meses, mas a premiação da escola é apenas para 1º, 2º e 3º lugares.
Beijos!
Professores: Valdeca, Míriam, Marilene, Romilda, Silvana e José.


terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Tabela de novembro/dezembro e geral

Uma tabela com pontuação elevada devido a II etapa da Trilha e ao jogo do Soletrando e ditado. Não houve nenhum empate entre as primeiras colocações, fato que tem sido comum nas pontuações anteriores.
Chegamos ao final da sétima e última tabela do ano criada especialmente para pontuar o desenvolvimento das crianças do 1º ano A, pois através dela se cumulam registros importantes que dá à criança oportunidade de concorrer nos três primeiros lugares prêmios oferecidos pela escola.

Parabéns, crianças! Sentirei saudades.



Jogo: Soletrando e ditado

A ideia inicialmente era apenas de marcar pontos no exercício nº 1 do jogo – o soletrando, mas à medida que a atividade foi tomando proporção satisfatória decidiu-se que se pontuassem os acertos individualmente no ditado, daria um resultado interessante e merecedor principalmente para as crianças que estão empenhadas na escrita correta das palavras.
No segundo dia da atividade foi criado o gabarito e não houve comentário sobre o mesmo até que as crianças concluíssem os trabalhos. As folhas foram recolhidas para correção do ditado e enquanto esperavam ouviram a Prof.ª Miriam contar algumas histórias da sua infância através de um livro que havia trazido de casa.
Após a correção as folhas do ditado foram coladas no caderno e entregues outras com o gabarito. A explicação veio através do Datashow e não demorou muito para que algumas crianças em todos os grupos entendessem o processo e logo começaram preencher e colaborar com os colegas sem ajuda das professoras. Para a somatória de cada coluna (R/RR e S/SS) e seus respectivos resultados exigiu mais atenção da nossa parte, pois várias somas não estavam corretas. O resultado era somado aos pontos do soletrando e o total ia diretamente para a tabela fazendo o fechamento da pontuação nos meses de novembro e dezembro.
















quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

II Gincana no jogo da trilha

Seguindo o mesmo processo da primeira gincana, algumas mudanças ocorreram na segunda etapa realizada no jogo da trilha na quinta-feira (05/12). A mudança de estratégia foi devido ao tempo de dois horários, sendo o último de Inglês que gentilmente a professora Silvana nos cedeu, se prontificou em preparar a prova e auxiliou durante toda a brincadeira coordenando um dos grupos. A área de conhecimento que antes não fazia parte da atividade substituiu a prova nº 6 (ditado no alfabeto móvel), tampa cor cinza estabelecida na última lacuna da trilha na palavra chegada. Para cada grupo havia três cartelas e quatro nomes simbolizando cores, onde um deles não era condizente com as cores expostas para a criança encaixar nos seus respectivos lugares.
Outra mudança foi na leitura dos trava-línguas e no soletrando que era dada à criança com menor nível de aprendizagem ser substituída por outra com mais habilidade para conclusão da prova. Desta vez apenas anotava a falha para o grupo se não houvesse conclusão. Na coordenação dos outros dois grupos estavam: a nutricionista Carla e a inspetora Carla Marques. Prof.ª Francisca atendeu ao convite e veio dar suporte no que fosse necessário junto com Míriam e Marilene.
Os gabaritos de cada grupo foram xerocopiados para os demais membros e a correção ocorreu na sexta-feira (06/12). As famílias poderão verificar a pontuação do (a) filho (a) através da própria folha colada no caderno. Vale ressaltar que a partir da segunda prova venceria o grupo que obtivesse menos falha e não o tempo.

O trabalho em grupo é que fez acontecer atividades interessantes como a unificação de seis tarefas num único jogo – a gincana – um exercício que prendeu a atenção e motivou as crianças cantar, brincar, fazer leitura de palavras, textos e numerais em todo o percurso da prova. Muito obrigada a todas! Prof.ª Valdeca.





















sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Pai Tarcísio canta com as crianças na apresentação do projeto Música: meu mundo de leitura

Aconteceu nesta sexta-feira (29/11) o seminário “Relatos de Experiências” do curso Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa dos municípios de Alcinópolis e Figueirão/MS. Enquanto Professora alfabetizadora e cursista (1º ano A, Escola Municipal Alcino Carneiro, Alcinópolis/MS), junto com a prof.ª Miriam Judith escolhemos apresentar o projeto do qual desenvolvo nesta Unidade Escolar desde 2007. “Música: meu mundo de leitura”, as letras das músicas servem de textos nas leituras das crianças possibilitando-as fazer analogia entre a música e a linguagem verbal (melodia), codificando e decodificando essa linguagem. No entanto, cabe a nós educadores buscar compreensão sobre esse olhar e saber usar essa ascendência capaz de reunir forças que atuam em atividades prazerosas.
De forma sucinta devido ao tempo que cada cursista tinha para expor seus trabalhos, procuramos mostrar como é possível incitar a criança em atividades atraentes como jogos e brincadeiras envolvendo a música. O encerramento da apresentação era as crianças cantando com o pai Tarcísio uma música por nome “Canção da criança”, retirada de um livrinho de catecismo. Mais uma vez o nosso sincero agradecimento ao Tarcísio que não mediu esforços para vir à escola quantas vezes foi necessário e ensaiou com as crianças.
CANÇÃO DA CRIANÇA

Eu vi a estrela paquerando o cometa.
Eu vi uma nuvem passeando lá no céu.
Vi um menino se banhar na cachoeira.
Eu vi a vida, eu vi a vida.

Eu vi a rosa perguntar pra margarida,
Se a vida é boa e vale a pena ser vivida.
Você sabe o que ela respondeu?
Olhe pro céu, é tudo seu.

Vi um coqueiro balançando com a brisa,
Ia dançando de maneira diferente
Nem parecia que era planta, era gente
Igual a mim e a você!

Lá vem a zebra balançando seu rabinho,
Vem a girafa, o macaco, o porquinho.
Lá vem o gato, o cachorro, o passarinho!
Lá vem a vida no seu caminho.

Lá vem o peixe na imensidão do mar,
É vagabundo nunca pensa em trabalhar.
Pra que correr se existe um luar
Pra se banhar, pra se banhar.

Lá vem a onda pra fazer chuá-chuá.
Bater na pedra e depois voltar pro mar.
Fazer barulho e depois ir descansar.
Chuá-chuá, chuá-chuá.

Lá vem o rio fazendo sua festa
Vai deslizando ziguezague na floresta.
E quando chega a bicharada e toda gente,
Fica contente, fica contente.

E assim a vida é melhor a cada dia,
Nos dá presente, dá amor, dá alegria.
E você sabe por que ela é boa assim,
Pois tem um Pai, que pensa em mim!!!










quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Água, uma joia preciosa: construindo cenário

Num diálogo com as crianças na terça-feira (26/11), abordei sobre o cenário que iríamos montar para produzirmos um filme do qual serviria de conscientização na preservação da água. Quando comentei que estaríamos fazendo isso nas aulas de educação física a maioria não concordou. Questionei sobre o tempo até o término do ano letivo e também a quantidade de atividades que temos para desenvolver, mas deixaria em aberto para escolha e a partir daí estaria negociando com quem entrava na sala no dia 27/11 (quarta-feira) - Prof.º José (Ed. Física) e Romilda (Literatura Infantil). Elas não tinham ideia de como seria a construção do cenário, também não contei onde construiria por não ter certeza das condições climáticas, apenas disse que poderia ser no pátio da escola ou mesmo na própria sala se estivesse chovendo. Nove crianças optaram por fazer o cenário e o restante preferiu a aula de Educação Física.
Durante a noite fiz o painel simbolizando a água (colagem de casca de ovo colorida com anilina comestível). Amanheceu ensolarado, o quintal da minha casa seria o lugar ideal com muita sombra e não precisaria carregar nada para escola do que iríamos ocupar, pois aqui sempre conto com a ajuda do Sr. Elisberto, parceiro nas atividades extraclasse. Ele construiu uma parte do cenário deixando o restante para as crianças terminarem e fazer os registros fotográficos em quatro horários, que não foram suficientes. É um trabalho minucioso, cansativo, onde cada imagem é feita a partir de pequenos movimentos de objetos, no nosso caso alguns animais da trilha e o trenzinho.
Quando terminaram o cenário esparramei vários animais na calçada e cada criança escolhia aqueles que seriam de responsabilidade delas movimentar entre um registro e outro. Distribuíram os bichos no cenário e escolhemos o melhor ponto para fixarmos a máquina fotográfica, a única que não pode ter nenhum movimento. Para se produzir um segundo de filme são necessários 24 registros fotográficos e nós fizemos sessenta. Nos últimos horários contamos com a colaboração do pai Tarcísio que tinha vindo ensaiar uma música com as crianças no último horário. Obrigada por nos ajudar!
A atividade está sendo desenvolvida com várias finalidades e uma delas é a própria produção da criança que tem sua participação ativa desde a construção do cenário e registos, na elaboração das frases que serão inseridas no filme com intuito de chamar atenção para a preservação da água. Também mostrar à criança e através delas às famílias, uma melhor utilização do computador. Com o programa “Live Movie Maker” elas podem produzir historinhas, dar movimentos aos desenhos, brinquedos, fotografias, etc.

Nesta segunda-feira (02/12), as crianças ouviram e assistiram através do Datashow os principais comandos do programa, como inserir foto/vídeo, textos, animações e produziram oralmente as frases do filme. Salvamos o projeto e ficou faltando encontrar uma música para inserir amanhã ou talvez se surgir algum ajuste... Quando dermos tudo por finalizado salvaremos o filme.




















O Filme:

video